ANTIGO LIXÃO DE TAGUATINGA - Mudas de ipês são plantadas no local.


Cerca de 130 mudas de ipês foram plantadas no antigo lixão clandestino de Taguatinga.

Em setembro, uma equipe do GDF Presente desativou o maior depósito irregular, localizado na QNM 38, às margens da BR 070. 



Durante a ação foi lançado o projeto “Lixo nosso de cada dia”, que ressalta a importância de manter a cidade limpa e o descarte correto do lixo na capital, e uma quadra de areia foi inaugurada.

O administrador regional de Taguatinga, Geraldo César de Araújo, destacou a atuação do governo para melhorar a qualidade de vida da população local.



De acordo com o administrador, as fiscalizações serão cada vez mais intensas.
Em parceria com a comunidade local, escolas e órgãos do GDF, o evento contou com apresentação de teatro do grupo do Serviço de Limpeza Urbana (SLU) e dinâmica sobre coleta seletiva para conscientizar os moradores da região sobre a importância do descarte adequado do lixo.



LIMPEZA 
Desde o início da gestão, oito lixões clandestinos foram limpos em Taguatinga, mas a equipe do governo presenciou novos acúmulos de dejeto ao retornar a alguns desses locais em setembro. Ao todo, nove desses locais foram desativados na região Norte e Sul da cidade.

A equipe do GDF Presente trabalhou no local para recolher todo o entulho, nivelar a área e, em seguida, isolá-la com pneus.

Calçadas também foram reformadas e uma área está em preparação para a prática de esportes. O resultado será a entrega de um ambiente digno para a população e, ao mesmo tempo, uma forma de inibir de vez o descarte inadequado de rejeitos.



COMO DESCARTAR O SEU LIXO DA MANEIRA CORRETA
O Serviço de Limpeza Urbana (SLU) informa que os pontos de descarte irregular da M Norte e da BR 070 estão inclusos no cronograma de limpeza da região, que acontece a cada 15 dias.
 A população pode colaborar para diminuir a prática contratando empresas transportadoras de entulho cadastradas no Sistema de Gestão de Resíduos, no site do SLU.

Essas empresas emitem, a cada solicitação de serviço, o Controle de Transporte de Resíduos (CTR). Dessa forma o SLU e o DF Legal acompanham a origem da demanda, o tempo que a equipe mobilizada fica no local, além da garantia de que o entulho será descartado somente na Unidade de Recebimento de Entulhos (URE) – única área pública, aliás, autorizada para esse tipo de descarte.
Para pequenas obras, que dispensam a contratação de uma caçamba, o cidadão poderá descartar em pontos do Papa Entulho gratuitamente. Na QNG 47, próximo à M Norte e à BR 070, há um desses equipamentos. Ele recebe até um metro cúbico de entulho por pessoa, diariamente – os descartes incluem restos de árvores podadas, galhadas, móveis velhos, material reciclável e até óleo de cozinha usado.
Além do Papa Entulho de Taguatinga, a população do DF conta com outros nove equipamentos instalados em Planaltina, Guará, Asa Sul, Gama, Brazlândia (dois) e Ceilândia (três).

Para saber o endereço do Papa Entulho mais próximo a você, basta acessar o site do SLU na aba “Serviços”.

*Com informações da Agência Brasília


Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Folha da Comunidade DF - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo