ZAPPEAR AO VOLANTE. NÃO CURTA NUNCA

A Associação Comercial e Industrial de Taguatinga - ACIT, em parceria com a Ordem dos Advogados do Brasil – OAB Comissão de Segurança da Subseção de Taguatinga, os Lions Clubes de Taguatinga, os Rotarys Clubes de Taguatinga e um grupo de lideranças da cidade denominado Taguatinga em Movimento, com o apoio da Etitec e Justo Malhas, vão realizar uma Campanha de Conscientização dos perigos do uso do celular ao volante.

A mobilização vai acontecer no sabádo dia 24 de setembro, a partir das 10 horas da manhã, no cruzamento das vias Comercial e Elmo Serejo (Via Estádio), ao lado da Praça do Relógio, no centro da cidade.
Na oportunidade, voluntários portando faixas alusivas à campanha vão distribuir adesivos como o modelo abaixo, para serem colados nos vidros traseiros dos veículos.


Quem quiser participar está convidado.

25 DE SETEMBRO -  O DIA  DO TRÂNSITO
Todos os anos, no dia 25 de setembro, é comemorado no Brasil o Dia do Trânsito. A data que foi estabelecida a partir da criação do Código Nacional de Trânsito em 1997 é comemorada com a Semana Nacional de Conscientização no Trânsito. A campanha tem como meta a conscientização dos motoristas e dos pedestres do comportamento ideal de cada um para evitar os acidentes que ceifam vidas e mutilam pessoas todos os dias no Brasil.

BRASIL: 4º Lugar no Ranking de mortes em acidentes.
O país ocupa o quarto lugar no ranking de maior número de mortes em acidentes de trânsito por ano, atrás somente de China, Índia e Nigéria. Em 2010, esse número foi de 42.844 óbitos, perfazendo um total de 22 mortes para cada 100 mil habitantes.
Dados recentes asseguram que morrem mais gente em acidentes de transito do que com câncer. A maioria desses acidentes está relacionada com infrações cometidas pelos motoristas e até pelos pedestres.

Entre os motivos mais frequentes está o uso do celular enquanto dirige.
De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, dirigir o veículo usando fones nos ouvidos conectados à aparelhagem sonora ou com telefone celular é considerado infração de trânsito média e está sujeita a 4 pontos na carteira de habilitação e multa.
De acordo com especialistas, usar dispositivos móveis ao volante pode aumentar em até 400% o risco de acidente. É um risco muito maior que se o motorista estiver embriagado.

FAÇA AS CONTAS: 
O tempo usado para pegar o celular e só conferir o número de quem está chamando é de 4,5 segundos. Para reagir diante de um imprevisto no caminho com uma freada, o motorista leva 2,5 segundos se o veículo estiver a 100 quilômetros por hora, sendo 1,5 segundos para perceber o obstáculo e 1 segundo para começar a executar a reação. Mesmo se o motorista apertar duas teclas por vez no smartphone, ele terá levado 2 segundos sem olhar para a via. Teclar, olhar para frente e teclar de novo, é um hábito comum de vários condutores de veículos, que perdem um tempo precioso de atenção e reação nesta operação.
E CORREM UM GRANDE UM RISCO DE NÃO TERMINAR BEM!!!

BINGO BENEFICENTE 2016 do Lions Clube Taguatinga Independência

O Lions Clube Taguatinga Independência vai realizar no dia 15 de setembro de 2016, a partir de 20h30, no salão de eventos de sua sede social, mais um Bingo Empresarial Beneficente.


 O evento, tradicional, promovido todos os anos pelo clube tem como objetivo a arrecadação dos fundos para custear parte das suas obras assistenciais.
Cada convite empresa no valor de R$ 300, com direito a 6 cartelas (participantes), concorre a R$ 1 mil no terceiro prêmio, R$ 2 mil no segundo e R$ 4 mil no PRIMEIRO PRÊMIO.
Com o convite individual, no valor de R$ 50, o participante também concorre aos mesmos prêmios. Além disso, já incluso no valor dos convites, galinhada, cerveja, refrigerantes e água mineral.

FESTA DE NATAL DA CRIANÇA CARENTE



Parte da renda será destinada para a realização da Festa de Natal da Criança Carente que será realizada no mês de dezembro de 2016. O evento é promovido pelo Lions Clube Taguatinga Independência e já está na sua 14ª edição. 











Em todas elas, com um público médio de cerca de 1000 crianças que se divertem em um domingo inteiro com brinquedos de entretenimento, lanches, refrigerantes, sorvetes, picolés e a animação musical de uma trupe de artistas local.  




Como atração principal, o Sr. João Dantas, nosso colaborador voluntário há mais de 6 edições,
vestido de Papai Noel, completa a alegria da criançada, entregando para cada uma, um presente novinho, embalado com muito carinho e amor pelas domadoras do clube.






CARTELAS E CONVITES PELO TELEFONE 99611-0609 / 3356-6232

13 DE SETEMBRO – DIA MUNDIAL DA SEPSE: Ação de conscientização sobre a sepse no dia 13 de setembro na Rodoviária do Plano Piloto.

13 de setembro é o DIA MUNDIAL DA SEPSE. 

Para lembrar o cenário sobre a síndrome que mata 1 pessoa a cada segundo no mundo, instituições de saúde de todos os continentes promovem ações de conscientização junto à população e aos profissionais de saúde.
No Brasil, o Instituto Latino Americano de Sepse (ILAS), há cinco anos, desenvolve atividades de conscientização sobre a sepse, conhecida antigamente como septicemia ou infecção generalizada. Esse ano as ações acontecerão em 14 cidades, entre elas Brasília.
No dia 13 de setembro, profissionais de saúde atenderão às dúvidas da população sobre a SEPSE, na Rodoviária Plano Piloto, das 8 às 15 horas.
Na ocasião será distribuída uma história em quadrinho (CLIQUE AQUI), criada pelo ILAS, que retrata de forma simples a questão da importância do rápido diagnóstico, permitindo o entendimento por leigos. Nesse dia, também, profissionais de saúde estarão à disposição da população para responder às dúvidas.
Além das ações voltadas à população, o ILAS enviará a mais de 1.700 instituições de saúde material específico aos profissionais de emergência, pronto-socorro e UTI.
SOBRE A SEPSE
A sepse hoje é responsável por mais óbitos do que o câncer ou o infarto agudo do miocárdio. Estima-se cerca de 15 a 17 milhões de casos registrados por ano no mundo, sendo 670 mil só no Brasil. Ao contrário do que se pensa, sepse não é um problema apenas de pacientes já internados em hospitais, pois a maioria dos casos é de pacientes atendidos nos serviços de urgência e emergência. O aumento da incidência e a progressiva gravidade desses pacientes fazem com que os custos de tratamento também sejam elevados.
O Instituto Latino Americano de Sepse, ILAS, avaliou em sua base de dados a mortalidade por sepse de pacientes provenientes do prontos-socorros. Os dados revelaram que 53,17% de pacientes com sepse, atendidos inicialmente em prontos-socorros (PS) de hospitais públicos, vão a óbito, enquanto em hospitais particulares esse número é de 25,8%. Possíveis explicações para essa diferença importante incluem dificuldade no reconhecimento precoce e um número inadequado de profissionais nos PS de hospitais públicos.  

“O reconhecimento precoce é a chave para o tratamento adequado. Todas as instituições devem treinar suas equipes, principalmente de enfermagem, para reconhecer os primeiros sinais de gravidade e dar atendimento preferencial a esses pacientes nos serviços de urgência”. Dr. Luciano Azevedo, presidente do ILAS.




Dr. Luciano Azevedo alerta ainda que o tratamento adequado nas primeiras seis horas tem clara implicação no prognóstico e na sobrevida dos pacientes. “Medidas simples, como coleta de exames, culturas, antibióticos na primeira hora e hidratação podem salvar vidas”.




O grupo de maior risco para o desenvolvimento da sepse é formado por crianças prematuras e abaixo de um ano e idosos acima de 65 anos; portadores de câncer; pacientes com AIDS ou que fazem uso de quimioterapia ou outros medicamentos que afetam as defesas do organismo contra infecções; pacientes com doenças crônicas como insuficiência cardíaca, insuficiência renal e diabetes; usuários de álcool e drogas; e pacientes hospitalizados que utilizam antibióticos, tubos para medicação (cateteres) e tubos para coleta de urina (sondas).

ATENÇÃO:
Qualquer pessoa pode ter sepse.

“Embora não existam sintomas específicos, todas as pessoas que estão com infecção e apresentam febre, aceleração do coração, respiração mais rápida, fraqueza intensa e, pelo menos, um dos sinais de alerta, como pressão arterial baixa, diminuição da quantidade de urina, falta de ar, sonolência excessiva ou ficam confusos (principalmente idosos) devem procurar imediatamente um serviço de emergência ou o seu médico”,

O desconhecimento da população em relação aos primeiros sintomas e, consequentemente o atraso na procura de auxilio, também é um dos entraves a serem vencidos. Uma pesquisa do ILAS em 134 municípios brasileiros mostrou que 93% dos entrevistados nunca tinham ouvido falar sobre a sepse. De forma oposta, 98% tinham conhecimento prévio sobre infarto do coração.
Curta a página Dia Mundial da Sepse

O QUE É A SEPSE (www.sepsisnet.org)
A sepse é um conjunto de manifestações graves em todo o organismo produzidas por uma infecção. A sepse era conhecida antigamente como septicemia ou infecção no sangue. Hoje é mais conhecida como infecção generalizada.
Na verdade, não é a infecção que está em todos os locais do organismo. Por vezes, a infecção pode estar localizada em apenas um órgão, como por exemplo, o pulmão, mas provoca em todo o organismo uma resposta com inflamação numa tentativa de combater o agente da infecção. Essa inflamação pode vir a comprometer o funcionamento de vários orgãos do paciente, que pode não suportar e vir a falecer.

Bolsas de estudo pelo Educa Mais Brasil estão disponíveis no Distrito Federal

Estudar em uma rede particular de ensino, no cenário atual do país, poderia ser um sonho distante e fora da realidade de muitos brasileiros, mas a realização pessoal se torna cada vez mais próxima com a abertura das inscrições do maior programa educacional do país, o Educa Mais Brasil. 

Para o segundo semestre estão disponíveis mais de 200 mil bolsas de estudos de até 70% em diversos níveis de escolaridade.
No Distrito Federal estão sendo oferecidas mais de 18 mil bolsas para 2016.2. Em Brasília há vagas para Graduação, Pós-Graduação, Educação Básica, Cursos Técnicos, Cursos de Idiomas, Preparatório para Concursos, Cursos Profissionalizantes, EJA – Educação para Jovens e Adultos e Pré-Vestibular/Enem.
Para ser beneficiado é preciso não ter condições de pagar o valor integral da mensalidade e atender aos requisitos socioeconômicos.
“Esses critérios são justificados pelo objetivo do programa que é intermediar acesso à educação de qualidade àquelas pessoas que antes não tinham perspectiva de estudar sem esse benefício”.
*Andréia Torres, Diretora de Expansão e Relacionamento do Educa Mais Brasil.


As inscrições são gratuitas e realizadas através do site oficial do programa www.educamaisbrasil.com.br. Mais informações podem ser obtidas pela central de atendimento nos telefones 4007-2020 para Capitais e regiões metropolitanas ou 0800 724 7202 para demais localidades.

MEC premiará experiências de combate ao Aedes aegypti e de inovação tecnológica

O Ministério da Educação vai contemplar ideias e experiências bem-sucedidas que promovam a inovação na educação profissional e tecnológica, e que apresentem soluções para o enfretamento ao mosquito Aedes aegypti e à microcefalia.

A ação faz parte dos concursos Desafio da Educação Profissional e Tecnológica e Desafio da Educação ZikaZero, ambos abertos à participação de estudantes, profissionais de cursos técnicos ou de graduação de institutos federais, de universidades federais ou escolas públicas estaduais ou municipais.
Os prazos e formulários de inscrição, bem como as datas de premiação, podem ser encontrados nos sites :

Para o titular da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) do MEC, Marcos Viegas, os concursos inovam ao colocar a sociedade em papel de protagonismo, além de estimular o desenvolvimento e o intercâmbio de ideias.

“É uma estratégia de mobilização que possibilita à população propor, avaliar e compartilhar soluções inovadoras de alto impacto para aprimorar temas relevantes de interesse social, a exemplo da educação profissional e tecnológica e da saúde pública( Marcos Viegas).

Os prêmios podem chegar a R$ 2 mil, na categoria individual, e R$ 25 mil na categoria de curso ou instituição indicada. Nessa última classificação, podem concorrer escolas públicas estaduais e municipais do país e cursos de graduação e técnicos de universidades federais e institutos federais de educação, ciência e tecnologia. As sugestões cadastradas nas plataformas de cada um dos concursos ficarão disponíveis para avaliação popular. Ao final do período estabelecido pelos editais, será gerado um ranking com os primeiros colocados, classificados por critérios como o somatório de pontos e o engajamento com o tema.
Mais informações sobre as premiações estão disponíveis nos editais Desafio da Educação Profissional e Tecnológica (nº52/2016)e Desafio da Educação ZikaZero nos editais, e (nº55/2016).
Fonte: Ascom MEC, com informações da Setec.


INSS pode cobrar de marido que assassinou esposa benefício pago a dependentes

Em uma decisão histórica, a Advocacia-Geral da União (AGU) obteve pela primeira vez, no Superior Tribunal de Justiça (STJ), o reconhecimento de que o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) pode cobrar dos agressores de mulheres o ressarcimento pelos gastos com benefícios pagos aos dependentes da vítima.



A atuação ocorreu no caso de um ex-marido que, inconformado com o fim do casamento, assassinou a ex-mulher com 11 facadas. Após a morte, os filhos da vítima passaram a receber pensão do INSS e a AGU ajuizou a primeira ação regressiva por violência doméstica do país, com base na Lei Maria da Penha (Lei nº 11.340/06).
O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) acolheu o pedido da Advocacia-Geral e condenou o agressor ao ressarcimento integral dos gastos da autarquia previdenciária, o que levou ele a recorrer ao STJ.
Na corte, o Departamento de Contencioso da Procuradoria-Geral Federal e a Procuradoria Federal Especializada junto ao INSS (PFE/INSS) argumentaram que não era justo a sociedade como um todo assumir, por meio do órgão público, custo que só foi gerado por causa do crime cometido pelo autor do recurso.

EFEITO PEDAGÓGICO
As unidades da AGU explicaram que a obrigatoriedade do ressarcimento decorre dos artigos 186 e 927 do Código Civil, que preveem a reparação de dano causado por ato ilícito. E que, além de evitar um prejuízo indevido para os cofres públicos, a ação regressiva tem efeito pedagógico que contribui para a prevenção da violência contra a mulher.
“A ação regressiva serve a uma função muito mais abrangente do que a reparação dos danos previdenciários, ao ajudar a incutir na mente dos agressores a certeza de que todo ato tem suas consequências”, esclareceram em memorial encaminhado aos ministros do STJ. O documento lembrou ainda que, de acordo com estatísticas oficiais, uma mulher é vítima de agressão no Brasil a cada quatro minutos. 
“A despeito da despesa efetivamente suportada pelo erário, o maior impacto é indiscutivelmente o de natureza social, de mensuração indefinida, que se revela na perda de vidas e na incapacidade provocada em milhares de mulheres, gerando efeitos deletérios para o desenvolvimento social brasileiro” (AGU) 
A maioria da 2ª Turma do STJ acolheu os argumentos e indeferiu o recurso interposto pelo agressor, mantendo a decisão que o condenou a ressarcir o INSS.
A PGF é órgão vinculado à AGU.
Ref.: Recurso Especial nº 1.431.150/RS – STJ.


MEC GARANTE INVESTIMENTO EM UNIVERSIDADES E INSTITUTOS FEDERAIS EM 2017

O ministro da Educação, Mendonça Filho, anunciou em uma reunião com as diretorias da Andifes e do Conif que o MEC conseguiu preservar, para 2017, os mesmos valores que serão executados em 2016 e garantiu um acréscimo de R$ 411 milhões para as despesas de custeio das universidades federais.
Já para os institutos federais, o MEC garantiu um acréscimo de R$ 157 milhões para as despesas de custeio.


“Encontramos o MEC com corte global no Orçamento de R$ 6,4 bilhões para 2016. Desse valor, R$ 2,4 bilhões era corte para as universidades federais. Conseguimos recuperar R$ 4,7 bilhões no global e R$ 1,2 bilhão para as universidades”.(Mendonça Filho)

   Na audiência com as diretorias da Andifes e do Conif, o ministro lembrou que o Brasil atravessa a maior crise financeira dos últimos tempos, que tem comprometido investimentos tanto no setor público, quanto no privado. “O esforço do Governo Temer é enorme para garantir em 2017 a execução orçamentária deste ano em áreas como a Educação”, afirmou lembrando que com esse volume de recursos está preservada a manutenção das universidades e institutos, assim como os investimentos deste ano que possibilitaram a retomada de obras paralisadas em diversas universidades e institutos.
    O Governo passado cortou 60% do Orçamento de 2016 para investimentos nas universidades e institutos. Com isso, o volume de investimento nas universidade caiu de R$ 1,9 bilhão para R$ 787 milhões. E nos Institutos caiu de R$ 724 milhões para R$ 296 milhões. Com a recuperação do orçamento global do MEC em  R$ 4,7 bilhões, a atual gestão conseguiu resgatar R$ 500 milhões para as universidades e R$ 260 milhões para os institutos investirem. 

“O nosso compromisso é total com a educação básica, superior e com o ensino tecnológico. Mas é necessário que esse seja um esforço de todos para que possamos avançar à medida que a economia do País vá se estabilizando” (Mendonça Filho)

LEI ORÇAMENTÁRIA ANUAL 
A atual gestão encontrou um corte na Lei Orçamentária Anual (LOA) para 2016 no valor de R$ 6,4 bilhões e conseguiu, com apoio do presidente Michel Temer, resgatar R$ 4,7 bilhões. O orçamento previsto para as universidades federais era de R$ 7,9 bilhões, mas o governo anterior previa um corte de 31%, correspondente a R$ 2,4 bilhões.

A nova gestão do MEC conseguiu resgatar R$ 1,2 bilhão. O orçamento previsto na LOA de 2016 para os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia era de R$ 3,09 bilhões. O governo anterior previa um corte de 30%, correspondente a R$ 955 milhões. A atual gestão encontrou esse corte no orçamento e conseguiu resgatar R$ 595,3 milhões.

© Folha da Comunidade DF - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo