JOSÉ DIRCEU – Se entrega para cumprir pena


Um dos fundadores do Partido dos Trabalhadores e ex-ministro do governo Lula, José Dirceu se entregou à Polícia Federal, em Brasília.
Foto: Internet
Condenado a 30 anos, 9 meses e 10 dias por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e pertinência à organização criminosa, ele é acusado de participar do esquema de corrupção da Petrobras, investigado pela Operação Lava Jato.

De acordo com as investigações da Polícia Federal, Dirceu teria embolsado, entre 2005 e 2014, cerca de R$ 10,2 milhões. Esse dinheiro era parte das propinas pagas pela empreiteira Engevix à Diretoria de Serviços da Petrobras.
Já condenado a 7 anos e 11 meses de reclusão, o ex-ministro vinha cumprindo prisão domiciliar e usava tornozeleira eletrônica pelo crime de lavagem de dinheiro e envolvimento no esquema do mensalão. Junto com a mulher e uma filha, morava em um apartamento no Sudoeste, bairro de classe média de Brasília.

A ordem de prisão foi dada pela juíza Gabriela Hardt, substituta do juiz Sérgio Moro na Décima Terceira Vara Federal, em Curitiba.
A decisão foi tomada na quinta-feira, 17 de maio, depois que o Tribunal Regional Federal da 4ª Região negou o último recurso da defesa para derrubar a condenação.
José Dirceu foi líder estudantil, batalhou contra o regime militar, foi preso e chegou a se exilar em Cuba. Lá fez diversas cirurgias plásticas para alterar o rosto, mudou de nome e voltou ao Brasil. Ao assumir uma nova vida por aqui, chegou a se casar sem que a esposa soubesse da sua verdadeira identidade.
Foto: Internet
Ao lado de Lula, ajudou a fundar o PT. Elegeu-se deputado estadual por São Paulo, depois deputado federal e em 2003, com a chegada do Partido dos Trabalhadores à Presidência da República, se tornou um dos homens mais poderosos do Brasil, assumindo o posto de ministro-chefe da Casa Civil. Com o escândalo do mensalão, se afastou do cargo e voltou à Câmara como deputado federal. Lá, acabou tendo o mandato cassado.

No início da tarde de sexta-feira, 18 de maio, depois de passar por exames de praxes no Instituto Médico Legal, ele foi levado à Penitenciária da Papuda, nos arredores da capital. A ordem judicial era de que ele fosse encaminhado a Curitiba, no Paraná. Mas a defesa tenta que ele seja mantido mais próximo da família. Até que saia uma decisão sobre isso, ele aguardará numa ala especial junto com outros políticos e empresários detidos no presídio do Distrito Federal. 
Dirceu tem hoje 72 anos de idade.

Fonte: Agência do Rádio - Hédio Júnior


DOMINGOS DE PRAIA: ingressos estarão disponíveis a partir de 22 de maio


Contagem regressiva para os domingos Na Praia de Brasília!

Os passaportes para garantir um dia de diversão para toda a família estarão disponíveis a partir de 22 de maio.

No clima exuberante do Sudeste Asiático e em constante Transformação, será oferecida recheada programação para agradar todas as idades e gostos, com oficinas e ações direcionadas ao público infantil, variada gastronomia e shows no fim do domingo.

A 4ª edição do Na Praia conta com o patrocínio da rede Bodytech na área de esportes e vasto calendário de atividades físicas aos domingos e sábados pela manhã no complexo de entretenimento, entre outras alternativas de bem-estar.
O cardápio de serviços que será oferecido Na Praia inclui: brinquedoteca, espaço bem-estar, stand up surf (SUP), música ao vivo, diversificada Vila Gastronômica com restaurante dentro do complexo, além de loja de produtos exclusivos.

Os dias de domingo Na Praia consideram o período de 1º de julho a 02 de setembro, com exceção de 15 de julho. Os interessados devem baixar o aplicativo Na Praia, disponível para Android e IOS. Os ingressos são limitados a um CPF por evento.

Tipo de ingressos DOMINGO NA PRAIA (01/07 a 02/09, exceto 15/07): 
Entrada até 12h - R$ 26
Entrada em qualquer horário - R$76* (R$ 50 revertidos em consumação)
Passaporte com entrada em qualquer horário todos os domingos – R$ 226*
 * Valores referentes a pré-venda.

SERVIÇO:
NA PRAIA 2018 – Em transformação
30 de junho a 09 de setembro de 2018
Complexo Na Praia (SHTN, atrás da Concha Acústica)
Vendas: pelo aplicativo “Na Praia”, disponível para Android e IOS

INFORMAÇÕES: 

Fonte: Máquina Cohn&Wolfe – Camila Fernandes


ROCK BEATS – 13 anos

A banda Rock Beats fará um show especial no próximo dia 26 de maio, sábado, para celebrar seus 13 anos de formação.

Foto: Henrique François

Especialmente para a ocasião, a banda apresentará novidades no repertório e promete surpresas durante seu show. Participações especiais já confirmadas: Mariano Jr (4u jazz) e Paulo Mesquita.

A noite terá ainda discotecagem do DJ Bob Bruno (Discoteca ZOOM, Lescalier, Sherrerazzade Night Club, Oppus, Banana Republic, Bocanegra, Dolce & Baccana Club, Café Cancun) e do DJ Maffra (Funfarra, Liv Lounge, Temprano Lounge, Festa A volta dos Anos 80).

Para o conforto dos participantes, haverá praça de alimentação assinada por Jimmy Ogro (Mais Você TV Globo/Burguertopia) e Diego Koppe (Gastronomia IESB/Federazione Italiana Cuochi), além de bar temático com a equipe Play Bar.

SERVIÇO:
Rock Beats – 13 anos
Data: 26 de maio (sábado)
Local: ASCADE - Setor de Clubes Sul
Horário: A partir das 21h (show às 23h59)

INGRESSOS: 
2º Lote (meia/promocional) - Vendas até 26/05/2018
Pista: 

R$ 60,00  (+ R$ 6,00 taxa)

Camarote:
R$ 80,00 (+ R$ 8,00 taxa)

Aniversariantes da semana do evento com 5 pagantes têm direito a cortesia!
Entre em contato pelo e-mail contato@bandarockbeats.com.br.

Vendas on line pelo Sympla: https://bit.ly/2KewJxV

MENINGITE - Mitos e Verdades


A Meningite Meningocóccica é uma infecção bacteriana séria que pode causar sequelas e até mesmo levar a óbito.(Ref. 1).

Foto: Internet
 Por isso, é importante conhecer a doença e saber como se prevenir
Confira abaixo alguns mitos e verdades, com esclarecimentos do Dr. Celso Freitas, infectologista e Gerente Médico de Vacinas da GSK Brasil.

- Qualquer pessoa, em qualquer faixa etária, tem a possibilidade de desenvolver a doença meningocócica. 
VERDADE
“A Doença Meningocócica (DM) pode acometer indivíduos em qualquer faixa etária, porém a doença é mais comum em bebês, crianças até cinco anos, e mais rara em idosos.”(Ref. 2 e 5)

- A meningite meningocóccica é transmitida de pessoa para pessoa, através de secreções respiratórias. 
VERDADE
“Os meningococos, bactérias que causam a doença meningocócica, podem ser transmitidos de uma pessoa para outra por meio do contato direto com gotículas respiratórias através de tosse, espirro, beijo, beber no mesmo copo ou comer com talheres de outra pessoa.1 Aproximadamente 10% das pessoas, principalmente adolescentes e adultos jovens, possuem a bactéria na garganta ou nariz sem desenvolver a doença – são chamados de portadores assintomáticos.”(Ref. 2)

- Após a exposição à bactéria (meningococo), as manifestações iniciais da doença demoram para se desenvolver. 
MITO
“A doença caracteriza-se por possuir um início abrupto e evolução rápida, podendo levar ao óbito entre 24 e 48 horas.2 O período médio de incubação da infecção pelo meningococo é de 4 dias, com um intervalo de 2 a 10 dias.1 Geralmente ela se manifesta como meningite, que é uma infecção das membranas que envolvem o cérebro e a medula espinhal. Uma outra forma mais grave da doença é uma infecção do sangue, chamada de meningococcemia.1,2 Ambas podem ocorrer concomitantemente.”(Ref. 3)

- Os primeiros sintomas da doença são coceira e diarreia. 
MITO
“Os sinais e sintomas iniciais da doença meningocócica — incluindo febre, irritabilidade, dor de cabeça, perda de apetite, náusea e vômito — podem ser confundidos com outras doenças infecciosas.2,4 Na sequência, o paciente pode apresentar manchas arroxeadas na pele, rigidez na nuca e sensibilidade à luz.2,4 Após 15 horas, o quadro clínico geralmente evolui para confusão mental, convulsão, sepse e choque, falência múltipla de órgãos e risco de morte.(Ref. 2 e 4) 
- A meningite meningocóccica pode deixar sequelas ou levar à óbito. 
VERDADE
“Mesmo quando a doença é detectada precocemente e tratada de maneira adequada, de 10% a 20% dos indivíduos acometidos sofrem com danos cerebrais, perda auditiva ou dificuldade de aprendizado.1 A doença pode ainda ser fatal. Estima-se a ocorrência de pelo menos 500 mil casos de doença meningocócica por ano no mundo, com cerca de 50 mil óbitos.2 O desafio maior é o diagnóstico precoce, já que os sintomas são inespecíficos como os de uma virose.”(Ref. 3 e 4)

- Uma das principais formas de prevenção é a vacinação. 
VERDADE
“A vacinação é considerada a forma mais eficaz na prevenção da doença6. Outras formas de prevenção são evitar aglomerações, e manter os ambientes ventilados e limpos.6 É possível minimizar o risco de aquisição da doença através dessas medidas preventivas, para mais esclarecimentos o médico deve ser consultado.”


REFERÊNCIAS:
1 - WORLD HEALTH ORGANIZATION. Meningococcal Meningitis Factsheet N°141. 2012.
Acesso em 19 mar. 2018.
2 - CASTIÑEIRAS, TMPP. et al. Doença meningocócica. In: CENTRO DE INFORMAÇÃO EM SAÚDE PARA VIAJANTES. ]
Disponível em:<http://www.cives.ufrj.br/informacao/dm/dm-iv.html>.
Acesso em 20 mar. 2018.
3- PARANÁ. Secretaria de saúde. Doença meningocócica – CID10 A39: doenças infecciosas e parasitárias.
Acesso em: 17 mar. 2017.
4 - THOMPSON MJ, et al. Clinical recognition of meningococcal disease in children and adolescents.
Lancet. 2006;367(9508):397-403.
5 - Pesquisa realizada na base de dados DATASUS, utilizando os limites “SOROGRUPO” para Linha, “FAIXA ETÁRIA” para coluna, “CASOS CONFIRMADOS” para Conteúdo, “2017” para períodos disponíveis, “MM”, “MCC” e “MM+MCC” para etiologia, e “TODAS AS CATEGORIAS” para os demais itens.
Acesso em: 29 mar. 2018.
6 - BRASIL. Ministério da Saúde. Meningites (Saúde de A a Z).
Acesso em: 11 abr. 2018



SOBRE A GSK 
Uma das indústrias farmacêuticas líderes no mundo, a GSK está empenhada em melhorar a qualidade de vida humana permitindo que as pessoas façam mais, sintam-se melhor e vivam mais. Para mais informações, visite http://www.gsk.com.br

 Fonte: In Press Porter Novelli - Camila Curvelo - camila.curvelo@inpresspni.com.br

ORLA LIVRE - Caminhada pela orla do Paranoá inaugura interligação de trilhas


Com o objetivo de estimular a ocupação da orla do Lago Paranoá, o governo de Brasília promove, neste domingo (20), uma caminhada pelo deck de interligação dos Parques Asa Delta, Península Sul e Pontão.
 
Foto: Internet
O percurso total tem 4 quilômetros, dos quais 500 metros serão na estrutura de madeira sobre a água.

A concentração está marcada para as 8 horas, no Parque Asa Delta (QL 12), com saída prevista para as 8h15. Após a atividade, a população poderá aproveitar o dia às margens do lago.
Antes da conclusão da obra, não era possível passar de um parque ao outro, e a caminhada no local era limitada
Essa é a primeira atividade oficial de inauguração dos dois decks de madeira que interligam os parques. O primeiro trecho liga a calçada externa do Pontão ao Parque Península Sul e tem 189 metros de comprimento.

O outro, com 256 metros, faz a conexão do Parque Península Sul ao Parque Asa Delta, o que possibilita a ligação entre as trilhas já existentes.
Antes da conclusão da obra dos decks, não era possível passar de um parque ao outro, e a caminhada no local era limitada.
Agora, a população de Brasília poderá explorar a trilha com mais de 6,5 quilômetros às margens do Lago Paranoá para caminhar, correr, pedalar, além de outras práticas de lazer em contato com a natureza.

Os dois decks levaram sete meses para ser construídos e custaram R$ 2,177 milhões.
O material utilizado na obra foi a madeira cumaru, considerada altamente resistente ao ataque de microorganismos e ao contato com a água e o ar.


AGEFIS - Taxas de obras e de comércio devem ser pagas até 30 de maio


Boletos serão entregues pela Agência de Fiscalização do DF
AGEFIS


Contribuintes que pagam a Taxa de Execução de Obras (TEO) e a Taxa de Funcionamento de Estabelecimento (TFE) têm até 30 de maio para saldar os tributos.
Eles podem ser pagos em parcela única ou divididos em até seis vezes.

Os boletos estão sendo enviados pela Agência de Fiscalização do Distrito Federal (Agefis) pelos Correios.
Se o boleto não chegar até segunda-feira (21 de maio), o contribuinte pode buscar o documento em um dos postos de atendimento da Agefis ou imprimir pelo site da agência.
Caso o pagamento não seja feito até 30 de maio, a multa é de 10% no valor da taxa dentro de 30 dias após o vencimento. A cada mês a mais de atraso, 1% de juro de mora é somado ao preço acrescido de atualização monetária com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).
Quando uma pessoa inicia uma obra, deve declarar a TEO, cobrada caso a fiscalização da Agefis visite os trabalhos. Da mesma forma, donos de estabelecimentos comerciais, com ou sem fins lucrativos, devem apresentar aos fiscais da agência a TFE paga em dia.
A não declaração das taxas por parte dos cidadãos provoca multa de 100% do valor do tributo.

CÂNCER: Chega ao Brasil medicamento que combate efeitos colaterais da quimioterapia


Helsinn, um grupo farmacêutico suíço focado no desenvolvimento de produtos de qualidade para o tratamento do câncer e a Mundipharma, grupo de empresas associadas independentes, anunciam o lançamento da cápsula AKYNZEO® no Brasil.


AKYNZEO® é uma terapia antiemética de combinação fixa que atua em ambas as vias críticas na prevenção das Náuseas e Vômitos Induzidos pela Quimioterapia (NIVQ) tanto na fase aguda como tardia.
Mostrou altas taxas de resposta completas em esquemas quimioterápicos a base de cisplatina (com uma taxa de 90% na fase geral -0-120 horas – “endpoint” primário do estudo) e em esquema quimioterápico a base de ciclofosfamida + antraciclina (AC)  (com uma taxa em torno de 77% na fase tardia - 25-120 horas - “endpoint” primário do estudo).
O Akynzeo® é recomendado por todos os maiores guidelines internacionais (ASCO, NCCN e MASCC / ESMO) como uma opção na prevenção das NVIQ.

NVIQ é um dos efeitos colaterais mais comuns da quimioterapia.
A prevenção da NVIQ evoluiu significativamente nas últimas décadas. Atualmente, o tratamento combinado de medicamentos antieméticos com diferentes mecanismos de ação é recomendado pelas principais diretrizes internacionais antieméticas para a prevenção de NVIQ em diversos cenários.

O perfil de segurança de Akynzeo® foi avaliado em 1169 pacientes com câncer que receberam pelo menos um ciclo de quimioterapia altamente ou moderadamente emetogênicas em três estudos duplo-cegos com controle ativo.

Reações adversas comuns relatadas com Akynzeo® foram cefaleia (3,6%), constipação (3,0%) e fadiga (1,2%). Nenhum desses eventos foi grave (consulte as informações do produto aprovadas no Brasil para obter dados adicionais sobre segurança).

A Mundipharma possui exclusividade nas atividades de marketing, promoção e vendas de AKYNZEO® no Brasil. Além do Brasil, China, Hong Kong e Macau, a Mundipharma também possui acordos de distribuição nos principais mercados da Ásia-Pacífico, Oriente Médio e África.







NEPA (netupitanto/palonosetrona) oral tem sido recomendado por todas as diretrizes antieméticas internacionais: as diretrizes antieméticas da National Comprehensive Cancer Network (NCCN), tanto em quimioterapia altamente emetogênica (HEC; inclusive AC e carboplatina AUC≥4)) quanto em quimioterapia moderadamente emetogênica (MEC); as diretrizes da Sociedade Americana de Oncologia Clínica (ASCO) para antieméticos em oncologia, em HEC, incluindo os regimes de AC e carboplatina (AUC≥4) e as diretrizes MASCC / ESMO em quimioterapia baseada em HEC, AC e carboplatina. A Helsinn possui atualmente 20 parceiros de licenciamento para o Akynzeo® em 167 países.

SOBRE AKYNZEO (netupitanto/palonosetrona)

A aprovação do AKNYZEO foi concedida pela ANVISA em 26 de dezembro de 2017. AKYNZEO® é indicado para adultos em casos de prevenção de náuseas e vômitos agudos ou tardios associados à quimioterapia antineoplásica altamente emetogênica baseada em cisplatina (para câncer); prevenção de náuseas e vômitos agudos ou tardios associados à quimioterapia antineoplásica moderadamente emetogênica (para câncer).

Para obter informações adicionais, consulte as informações da bula profissional aprovada no Brasil.

SOBRE O GRUPO HELSINN
A Helsinn é um grupo farmacêutico de propriedade privada, com um extenso portfólio de produtos de tratamento oncológico comercializados e um pipeline robusto de desenvolvimento de medicamentos. Desde 1976, a Helsinn vem aprimorando a vida cotidiana dos pacientes, guiada pelos principais valores familiares de respeito, integridade e qualidade. O Grupo trabalha com produtos farmacêuticos, biotecnologia, dispositivos médicos e suplementos nutricionais e tem experiência em pesquisa, desenvolvimento, fabricação e comercialização de produtos de cuidados terapêuticos e de suporte para câncer, dor/inflamação e gastroenterologia. Em 2016, a Helsinn criou o Helsinn Investment Fund para apoiar oportunidades de investimento em estágio inicial em áreas de necessidades não atendidas dos pacientes. A empresa está sediada em Lugano, na Suíça, com subsidiárias operacionais na Suíça, na Irlanda, nos EUA, em Mônaco e na China, além de presença de produtos em aproximadamente 190 países no mundo.

SOBRE A REDE MUNDIPHARMA
O grupo global de empresas independentes associadas da Mundipharma foi fundada em 1956 por médicos e agora opera em mais de 120 países em todo o mundo. Estamos focados no desenvolvimento de parcerias de negócios para identificar e acelerar tecnologias significativas em um portfólio cada vez mais diversificado de áreas de terapia, incluindo respiratórias, oncológicas, dor e biossimilares. Em consonância com nossa herança empresarial, gostamos de pensar que vemos o que os outros não, desafiando a o conhecimento convencional. Ao trabalhar em parceria com todas as partes interessadas, a rede da Mundipharma desenvolve medicamentos que criam valor para pacientes, pagadores e sistemas de saúde mais amplos.

Informações: www.helsinn.com
Helsinn Group Media Contact
Paola Bonvicini
Group Head of Communication
Lugano, Switzerland
Tel: +41 (0) 91 985 21 21

Mundipharma Media Contact
Karina Freitas 
Head of HR
Mundipharma Brazil
M +55 11 98777-7888
T + 55 11  5171-6870


© Folha da Comunidade DF - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo