CELULAR - Telefonia móvel perdeu mais de 500 mil linhas em fevereiro


O número de linhas de telefonia móvel no Brasil registrou uma queda de 574.379 registros, entre janeiro e fevereiro deste ano. 
Os dados foram divulgados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).


 De acordo com o levantamento, o país fechou o mês com 235 milhões de linhas móveis, um recuo de 0,24%. Quando é considerado o acumulado de 12 meses, a redução foi de 2,99%, com menos sete milhões e duzentas mil linhas de telefonia móvel registradas.

A diminuição no número linhas é puxada pelo pré-pago. Em fevereiro, esse tipo de linha teve queda de 1.402.445 unidades, com redução de 0,95% na comparação com o mês anterior. As linhas pós-pagas, seguiram outro caminho e apresentaram crescimento de 828.066, com acréscimo de 0,93%.
De acordo com a Anatel, as empresas com maiores quantitativos de linhas móveis são:

  1. Vivo - com mais de 74 milhões
  2. Claro - com quase 59 milhões
  3. Tim - com 58 milhões
  4. Oi - com 38 milhões.


Entre os estados, Amazonas, Amapá, Maranhão, Roraima, Santa Catarina e São Paulo tiveram aumento do número de linhas. Com redução de apenas uma linha, o Pará manteve-se estável. Nos demais estados, o número de linhas de telefonia móvel caiu.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Folha da Comunidade DF - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo