TAGUATINGA VAI INDICAR SEUS CANDIDATOS

Taguatinga precisa na Câmara Legislativa de alguém que conheça bem a cidade e que também seja bem conhecido por seus moradores. 


Este foi o resultado de uma reunião realizada na Associação Comercial e Industrial de Taguatinga – ACIT - entre lideranças taguatinguenses que, segundo eles, estão insatisfeitos com a falta de carinho e de atenção com que a segunda maior cidade do DF, com mais de 250 mil habitantes, vem sendo tratada, tanto pelo governo como pelos deputados distritais da Câmara Legislativa do Distrito Federal.
O grupo formado por membros de clubes de serviço, conselhos comunitários, entidades e associações de moradores e convidados, manifestou desapontamento, principalmente em relação aos parlamentares da Câmara Legislativa e em particular com a deputada distrital mais bem votada pelos eleitores de Taguatinga na eleição de 2014, com apenas 3.6% dos votos válidos. Destaque-se que para chegar a este resultado, a deputada em questão, que é evangélica, contou com os votos cativos de sua igreja e também de algumas áreas que apesar de estarem vinculadas a zona eleitoral de Taguatinga, não fazem parte da poligonal da cidade.
Na avaliação dos participantes do grupo este percentual baixíssimo já é uma prova de que os cidadãos taguatinguenses não tiveram nenhuma afinidade com os candidatos que se apresentaram para o pleito em 2014.
Partiu do pioneiro taguatinguense Justo Magalhães, atual presidente da ACIT, a idéia de realizar periodicamente um Fórum Permanente Cidadão para levantar, propor, debater e sugerir alternativas e atitudes para melhorar as condições de vida na cidade.





“O fórum será aberto a todo cidadão, independente de fazer parte de associações ou entidades, que poderão contribuir com sugestões, denúncias, reclamações e reivindicações, que serão relacionadas e encaminhadas com as propostas de soluções para as devidas áreas de competência do governo e também para a presidência da Câmara Legislativa”.  Justo Magalhães.




Uma das sugestões mais aplaudidas pelo grupo foi a de que, para as próximas eleições, será traçado o perfil ideal de um candidato, escolhido pelas lideranças e indicado para concorrer a uma vaga na Câmara Legislativa.
Este será o deputado distrital que vai representar, defender e lutar pelos interesses da cidade e de seus moradores.




“Não vamos mais acolher candidatos que só aparecem na época das eleições se apresentando como taguatinguenses, mas depois de eleitos desaparecem deixando a cidade na mão. Vamos escolher entre nós e indicar um cidadão ou cidadã que conhece, ama, respeita e luta por Taguatinga”.    Justo Magalhães.







Outras sugestões apresentadas por Justo Magalhães que contaram com a aprovação do grupo foram:

ESTACIONAMENTO NA PRAÇA DO DI
Criar um bolsão de estacionamento na Praça do DI, aproveitando o espaço livre deixado pela demolição da quadra de skate. Esta iniciativa vai suprir a carência de vagas de estacionamento e atender a demanda de uma escola da rede pública, do posto da Secretaria de Fazenda, do Cartório e do intenso comércio do local.

FEZES DE ANIMAL NO CENTRO DA CIDADE
Iniciar uma campanha de conscientização para os donos de animal de estimação que deixam as fezes de seus pets nas calçadas, deixando uma péssima aparência no centro de Taguatinga. A ideia é fazer parcerias com os síndicos para que sejam disponibilizados sacos plásticos para coleta dos dejetos, a exemplo do que já acontece em algumas cidades brasileiras.

MUTIRÃO PARA REVITALIZAR VAGAS DE ESTACIONAMENTO
Promover um mutirão com comerciantes e moradores dos prédios e de casas próximas às ruas centrais de Taguatinga, para revitalizar as faixas de estacionamento apagadas. Segundo Justo, cerca de 20% das vagas para veículos são desperdiçadas por não estarem devidamente sinalizadas. Ele disse que poderá conseguir as tintas que serão utilizadas.

SEGURANÇA PARA MULHERES NAS PARADAS DE ONIBUS
Justo Magalhães vai procurar o comandante do 2º BPM de Taguatinga para a criação da Campanha Parada Segura, que vai garantir segurança para as mulheres, que, à noite, no retorno do trabalho para o lar, são assaltadas enquanto aguardam os coletivos de transporte urbano. A sugestão de Justo Magalhães é que a PM coloque um policial militar em cada parada de ônibus nas Avenidas Comercial e Samdú, com suporte de uma viatura (moto ou carro), para inibir a atuação dos criminosos.

SEMAFORO LIVRE APÓS ÀS 00:00
Outra sugestão que teve a simpatia do grupo é uma parceria com a Secretaria de Segurança Pública em que o DETRAN DF isente todas as multas de veículos conduzidos por mulheres que  avancem o sinal vermelho a 20 Km/h de 00:00 até as 03:00. Para evitar os assaltos comuns nesta faixa de horário.

REUNIÕES COM A COMUNIDADE
Como estão previstas obras de acessibilidade complementares para a implantação da mão única nas Avenidas Comercial e Samdú, que serão executadas nas calçadas e ruas secundárias das duas vias, Justo Magalhães disse que, com o aval da Acit, vai promover reuniões com a comunidade próxima aos locais destas intervenções, para informar aos moradores sobre estas mudanças.

TAGUATINGA FESTEJA TAGUATINGA 2017
O grupo também se prepara para repetir o sucesso da festa Taguatinga Festeja Taguatinga que foi realizada em 2016 para comemorar o aniversário da cidade. Este ano o evento será realizado no dia 10 de junho e, a exemplo do ano anterior, promete celebrar com brilho o aniversário da cidade mais amada do Distrito Federal: Taguatinga.


Edvaldo Brito – da redação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Folha da Comunidade DF - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo