ENAC DF - Curso de Formação Profissional em Acupuntura

A Escola Nacional de Acupuntura (ENAc) está com agendamento de inscrições aberto para o Curso de Formação Profissional em Acupuntura, com duração de dois anos – 2.080 horas/aula e 440 horas de estágio ambulatorial, num total de 2.520 horas/aula, diárias e presenciais; 4 horas/aula de segunda a sexta-feira, das 8 horas ao meio-dia, ou das 19 horas às 22h30 –, em conformidade com orientação da Organização Mundial da Saúde (OMS).



O agendamento poderá ser feito na ENAc, na Entrequadra 709/909 Sul, Edifício Fape, Loja 1, próximo à Cultura Inglesa, local de fácil acesso e amplo estacionamento público, ou pelos telefones: 3322-4998/3322-3037. Para matricular-se no curso, o candidato precisa apresentar certificado do ensino médio, ou comprovação de matrícula no último ano do ensino médio. O diploma da instituição habilita à prática clínica e abertura de consultório próprio.

Mantida pelo Instituto Superior de Ciências da Vida (ISCV), a ENAc é a única escola de formação profissional em acupuntura credenciada pela Secretaria de Educação do Distrito Federal, reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) e autorizada a conceder diploma de acupunturista.

ATENDIMENTO AMBULATORIAL 
A ENAc conta ainda com ambiente ambulatorial de excelência em MTC, oferecendo tratamento de qualidade para a população a preços acessíveis, incluindo orientação em alimentação terapêutica chinesa e tuiná (massoterapia chinesa). O atendimento ambulatorial poderá ser agendado de segunda a sexta-feira, das 8 às 22 horas, para os seguintes dias e horários:

Manhã – segundas, quartas, sextas e sábados:  das 9 às 11 horas
Tarde – segundas e sextas: das 14 às 17 horas
Noite – terças e quintas: das 19 horas às 20h30

Associados, funcionários e seus dependentes legais do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Distrito Federal (SJPDF) encaminhados ao ambulatório da ENAc terão desconto de 25% sobre a tabela dos serviços, de acordo com convênio assinado pelas duas entidades.

ACUPUNTURA
De ampla cobertura e eficácia terapêutica, a acupuntura é reconhecida pela OMS e foi incluída na lista de Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade, durante a V Sessão do Comitê Intergovernamental da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), em 17 de novembro de 2010.

MEMÓRIA

Os pilares da acupuntura começaram a ser erguidos a pelo menos 5 mil anos, na China. Os chineses descobriram que além dos sistemas cardiovascular e linfático, há uma teia de meridianos corporais, ou de acupontos, um delgado sistema tubular, nos quais circula a energia vital. 
Até o século 19, supunha-se que esses meridianos eram imaginários, mas nos anos de 1960, o cientista coreano Kim Bong Han injetou isótopo de fósforo num acuponto e observou a absorção da substância pelo organismo, por meio de microrradiografia. 
Resultado: o isótopo percorreu o clássico traçado daquele meridiano.

Experiências semelhantes foram realizadas por outros cientistas, como os franceses Jean-Claude Darras e Pierre de Vernejoul, e os norte-americanos James Hurtak e Roberto Becker. O resultado foi o mesmo obtido por Kim Bong Han.

MAIS INFORMAÇÕES
Pelos telefones: (55-61) 3322-4998 e (55-61) 3322-3037


Fonte: ENACDF – Ray Cunha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Folha da Comunidade DF - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo