ZAPPEAR AO VOLANTE. NÃO CURTA NUNCA

A Associação Comercial e Industrial de Taguatinga - ACIT, em parceria com a Ordem dos Advogados do Brasil – OAB Comissão de Segurança da Subseção de Taguatinga, os Lions Clubes de Taguatinga, os Rotarys Clubes de Taguatinga e um grupo de lideranças da cidade denominado Taguatinga em Movimento, com o apoio da Etitec e Justo Malhas, vão realizar uma Campanha de Conscientização dos perigos do uso do celular ao volante.

A mobilização vai acontecer no sabádo dia 24 de setembro, a partir das 10 horas da manhã, no cruzamento das vias Comercial e Elmo Serejo (Via Estádio), ao lado da Praça do Relógio, no centro da cidade.
Na oportunidade, voluntários portando faixas alusivas à campanha vão distribuir adesivos como o modelo abaixo, para serem colados nos vidros traseiros dos veículos.


Quem quiser participar está convidado.

25 DE SETEMBRO -  O DIA  DO TRÂNSITO
Todos os anos, no dia 25 de setembro, é comemorado no Brasil o Dia do Trânsito. A data que foi estabelecida a partir da criação do Código Nacional de Trânsito em 1997 é comemorada com a Semana Nacional de Conscientização no Trânsito. A campanha tem como meta a conscientização dos motoristas e dos pedestres do comportamento ideal de cada um para evitar os acidentes que ceifam vidas e mutilam pessoas todos os dias no Brasil.

BRASIL: 4º Lugar no Ranking de mortes em acidentes.
O país ocupa o quarto lugar no ranking de maior número de mortes em acidentes de trânsito por ano, atrás somente de China, Índia e Nigéria. Em 2010, esse número foi de 42.844 óbitos, perfazendo um total de 22 mortes para cada 100 mil habitantes.
Dados recentes asseguram que morrem mais gente em acidentes de transito do que com câncer. A maioria desses acidentes está relacionada com infrações cometidas pelos motoristas e até pelos pedestres.

Entre os motivos mais frequentes está o uso do celular enquanto dirige.
De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, dirigir o veículo usando fones nos ouvidos conectados à aparelhagem sonora ou com telefone celular é considerado infração de trânsito média e está sujeita a 4 pontos na carteira de habilitação e multa.
De acordo com especialistas, usar dispositivos móveis ao volante pode aumentar em até 400% o risco de acidente. É um risco muito maior que se o motorista estiver embriagado.

FAÇA AS CONTAS: 
O tempo usado para pegar o celular e só conferir o número de quem está chamando é de 4,5 segundos. Para reagir diante de um imprevisto no caminho com uma freada, o motorista leva 2,5 segundos se o veículo estiver a 100 quilômetros por hora, sendo 1,5 segundos para perceber o obstáculo e 1 segundo para começar a executar a reação. Mesmo se o motorista apertar duas teclas por vez no smartphone, ele terá levado 2 segundos sem olhar para a via. Teclar, olhar para frente e teclar de novo, é um hábito comum de vários condutores de veículos, que perdem um tempo precioso de atenção e reação nesta operação.
E CORREM UM GRANDE UM RISCO DE NÃO TERMINAR BEM!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Folha da Comunidade DF - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo