TJDFT DÁ POSSE A NOVOS DESEMBARGADORES

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios ampliou o número de membros da Corte local, com a posse de seis novos desembargadores. Os juízes de carreira James Eduardo da Cruz de Moraes Oliveira, Cesar Laboissiere Loyola, Sandoval Gomes de Oliveira, Esdras Neves Almeida, Gislene Pinheiro de Oliveira e Ana Maria Cantarino juntam-se, agora, aos 40 desembargadores da Justiça do DF, elevando para 46 o quadro de julgadores da 2ª Instância.

A solenidade de posse foi conduzida pelo Presidente do TJDFT, desembargador Mario Machado, e dela participaram o Governador do DF, Rodrigo Rollemberg; a Presidente da Câmara Legislativa do DF, deputada Celina Leão; o Procurador- Geral do MPDFT, Leonardo Bessa; o Presidente da OAB/DF, Juliano Costa Couto; o Vice-Presidente do TRF - 1ª Região, Ítalo Fioravanti Sabo Mendes; o Presidente do TRE/DF, desembargador Romeu Gonzaga Neiva; a Vice-Presidente e Corregedora do TRE/DF, desembargadora Carmelita Brasil, o Presidente da Amagis/DF, desembargador Sebastião Coelho da Silva, representantes do STJ, AGU, Defensoria Pública do DF, magistrados, servidores, amigos e familiares, entre outras autoridades.
Após prestarem juramento os empossados foram agraciados com a Ordem do Mérito Judiciário do DF, no mais alto grau: Grão-Colar.


OS EMPOSSADOS
James Eduardo da Cruz de Moraes Oliveira - natural de Monte Carmelo (MG), ingressou na magistratura em julho de 1993, como juiz substituto. Em fevereiro de 1996 foi promovido a juiz de Direito do DF para exercer a titularidade na 1ª Vara Cível de Sobradinho e em 2013, tomou posse como juiz substituto de 2º Grau. De família de magistrados, é professor e autor de vários livros e artigos jurídicos, em especial, na área de Direito Civil.
Cesar Laboissiere Loyola - natural de Goiânia (GO), ingressou na magistratura do DF em 7/5/93, tendo sido promovido em 2/2/96 a juiz de Direito do DF perante a Vara Criminal, Tribunal do Júri e Delitos de Trânsito do Paranoá. Em 20/5/13 tomou posse como juiz substituto de 2º Grau, em 20/5/13. É Diretor-Geral da Escola Judiciária Eleitoral do Distrito Federal Rui Barbosa.
Sandoval Gomes de Oliveira - primeiro juiz e agora primeiro desembargador natural de Brasília (DF), ingressou na magistratura local em 7/5/93, tendo sido promovido em 2/2/96 a juiz de Direito da 1ª Vara Criminal de Taguatinga. Pós-graduado em Direito Civil e em Direito Privado, tomou posse como juiz substituto de 2º Grau, em 20/5/13.
Esdras Neves Almeida - natural de Boa Vista (RR), tomou posse como juiz substituto do DF em 7/5/93. Em 2/2/96 tornou-se juiz de Direito da 1ª Vara Cível de Taguatinga, e em 20/5/13 foi empossado juiz substituto de 2º Grau. É mestre em Economia e doutor em Direito pela Universidade Federal de Pernambuco.
Gislene Pinheiro de Oliveira - natural de São Domingos (GO), também tomou posse em 7/5/93 e titularizou-se em 2/2/96 como juíza da 1ª Vara de Família, Órfãos e Sucessões de Ceilândia, ocupando o cargo de juíza substituta de 2º Grau, em 20/5/2013. Mestre em Direito pela Universidade Católica de Brasília, é Cidadã Honorária de Brasília, antes de ingressar na magistratura, atuou também perante o Ministério Público.
Ana Maria Cantarino, natural de Vila Matias (MG), tomou posse no TJDFT junto com os colegas que hoje foram alçados ao cargo de desembargador. Com posse em 7/5/93, foi titularizada em 2/2/96, frente à 3ª Vara Cível de Taguatinga. Sua história de vida reporta a uma infância na zona rural, onde precisava caminhar por duas horas até chegar à escola.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Folha da Comunidade DF - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo