MINISTÉRIO PÚBLICO DISCUTE MÃO ÚNICA EM TAGUATINGA

O vice-governador Renato Santana voltou a acirrar os ânimos de lideranças comunitárias de Taguatinga com a publicação em seu perfil do facebook de fotos e uma nota sobre uma reunião que promoveu para avaliação dos 21 dias da implantação da mão única em trechos das avenidas Comercial e Samdú.


Diz o texto:
“24/06 sexta-feira, reunião de trabalho para avaliação dos primeiros 21 dias de  alteração e funcionamento em sentido único no trânsito nas avenidas Comercial e Samdu em Taguatinga! Participaram representantes do DETEAN, SEGETH, SINESP, Administração de Taguatinga, DFtrans, Procuradoria, CEB e Novacap! A redução no número de acidentes nas duas vias já é percebido pela população e pelo Detran”!

O motivo da indignação de lideranças da cidade é que, segundo eles, mais uma vez o vice-governador fez questão de deixar a comunidade de fora na discussão do assunto. Pelo elenco de participantes que aparecem no texto, a reunião de avaliação perdeu representatividade pela ausência de entidades e lideranças da cidade para o testemunho de quem realmente convive, sofreu ou se beneficiou com a mudança.
De tudo no texto, a parte que diz que houve redução nos acidentes nas duas vias pode ser explicada pelo fato de que, nos horários de pico, que é onde eles aconteciam, com o engarrafamento e a confusão gerada provocada pela falta de sinalização, os veículos não conseguem mais andar.


O Ministério Publico do DF promove uma audiência pública com a participação da Câmara Legislativa, da Promotoria de Justiça do DF e moradores da região nesta segunda-feira, dia 27, no Teatro Paulo Autran, SESC de Taguatinga, a partir das 19 horas, para discutir democraticamente sobre o assunto.

Nota do Editor:

A imagem de reprodução do perfil do vice-governador é pública e foi colhida em mensagem de whatsapp enviada para a redação. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Folha da Comunidade DF - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo