Falta respeito à segurança do DEFICIENTE VISUAL no Metrô


Os funcionários do Metrô-DF na tentativa de garantir o transporte com dignidade para as mulheres e deficientes nos vagões exclusivos erraram feio ao colocar uma placa na entrada para evitar o acesso de homens. “Esquecer” que os deficientes visuais não podem “ver” a placa, no mínimo é falta de conhecimento, de sensibilidade ou então apenas  muita preguiça para ficar na área orientando os usuários.
O risco de acidentes para os deficientes visuais aumentou e fica a pergunta: Qual é a utilidade mesmo daqueles funcionários que ficam de preto, com cassetetes intimidadores nas estações? Uma sugestão: vão para a estação, tirem a placa e, com gentileza,  “eduquem” os usuários quanto a restrição de uso por homens e aproveitem para proteger os deficientes visuais contra acidentes. Eles são mais dignos de proteção do que o patrimônio do Metrô.
(Fonte: Facebook)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Folha da Comunidade DF - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo