NOVO PLANO NACIONAL DO TURISMO prevê criação de 2 milhões de empregos



O Plano Nacional do Turismo 2018-2022, lançado durante a 51ª reunião do Conselho Nacional de Turismo (CNT), tem como metas a criação de dois milhões de novos empregos, o aumento do número de turistas nacionais e internacionais, além da ampliação da receita gerada pelo setor.

O documento pretende ampliar, até 2022, o número de empregos gerados pelo setor para nove milhões de postos. Também foram traçadas metas para o turismo doméstico, com a inserção de 39,7 milhões de brasileiros no mercado consumidor de viagens. A ideia é aumentar também o número de turistas internacionais no país, passando de 6,6 milhões para 12 milhões.

O Plano Nacional de Turismo também pretende aumentar a receita que vem desses turistas, saindo dos atuais US$ 6,6 bilhões para US$ 19 bilhões em 2022. Segundo o ministro do Turismo, Marx Beltrão, o documento vai orientar os gestores sobre as prioridades do setor e traz metas para o Brasil se tornar uma potência mundial no mercado de viagens.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Folha da Comunidade DF - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo