ASSASSINATOS - Brasil tem o maior número da história em 2016

Em 2016, o Brasil registrou o maior número de homicídios da história.



Foram 61.619 mortes violentas, uma média de sete assassinatos por hora, de acordo com dados divulgados pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Segundo a pesquisa, o crescimento no número de mortes foi de 3,8%, em relação a 2015. O país tem 29,9 casos por 100 mil habitantes.

Entre os estados, Sergipe foi o que registrou a maior taxa de mortes violentas por 100 mil habitantes: 64, seguido de outros estados nordestinos, como Rio Grande do Norte, com 56,9, e Alagoas, com 55,9. Aracaju, em Sergipe, também lidera a taxa de assassinatos por 100 mil habitantes, com 66,7. Em seguida vem Belém, no Pará com 64, e Porto Alegre, com 64,1.

Os números da violência no Brasil também impressionam quando são levados em consideração, os latrocínios, que são roubos seguidos de morte. A taxa desse tipo de crime cresceu 57,8% em sete anos no país. De acordo com o estudo, em 2016 foram registrados 2.514 assassinatos cometidos durante o ato do roubo ou em consequência dele. Na edição anterior da pesquisa, divulgada em 2010, o número havia sido de 1.593.

O número de casos desse tipo de crime registrou aumento em 19 estados. O maior crescimento foi em Rondônia, de 124%, Tocantins registrou 73% e o Rio de Janeiro. Quando são comparadas a população e o número de latrocínios, o Pará aparece como estado mais violento, com 2,6 casos por 100 mil habitantes. 


Fonte: Agência do Rádio - João Paulo Machado

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Folha da Comunidade DF - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo