CURSO DE CAPACITAÇÃO PARA ATENDENTES DA CIADE

Secretaria da Segurança promove curso de capacitação para atendentes da Ciade. Profissionais que recebem ligações de emergência nos números 190 e 193 participam de aulas para melhorar qualidade do atendimento e tornar mais rápido o envio de viaturas

Em mais uma medida para a melhoria do serviço da Central Integrada de Atendimento e Despacho (Ciade), a Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social promove curso para os atendentes das chamadas de emergência dos números 190 e 193. As aulas dirigidas a policiais militares e a bombeiros começaram em 14 de março. Cento e vinte e cinco servidores que atuam na área foram divididos em cinco turmas de 25 pessoas, que terão uma semana de curso cada uma. A carga horária é de 30 horas/aula.
No cronograma estão as disciplinas Orientação e Localização no Distrito Federal — em que os atendentes são apresentados aos principais pontos de referência das diferentes regiões administrativas — e Suporte Básico de Vida, para que eles possam orientar a população em situações de emergência a tomar as medidas necessárias até a chegada do socorro.
"Esse treinamento é essencial para dar agilidade ao atendimento e melhorar o serviço prestado à população", explica a subsecretária de Ensino e Valorização Profissional, da Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social, Scheilla Cardoso.

MODERNIZAÇÃO DO SISTEMA
O curso exemplifica na prática como os atendentes devem operar o sistema SGO 2.0, desenvolvido pelo órgão e implementado gradualmente na central. Ele permite o mapeamento do local de origem de chamadas feitas por celular.
No novo sistema, os militares terão acesso a mais câmeras públicas para facilitar a compreensão da situação de emergência.
Hoje, o setor está conectado a seis filmadoras — na Via Contorno do Guará, na Estrada Parque Taguatinga—Guará, na Estrada Parque Ceilândia, no Eixo Monumental, na Avenida Paranoá e no Setor Policial, no acesso à W3 Sul.
REFORMULAÇÃO
Anunciada em janeiro pelo governador Rodrigo Rollemberg e pela secretária da Segurança Pública e da Paz Social, Márcia de Alencar, a reformulação da Ciade incluiu o reforço na quantidade de atendentes, que passou de 77 para 107 policiais militares no número 190 e de 41 para 49 bombeiros militares no 193. O curso de capacitação e a implementação do SGO 2.0 correspondem à segunda etapa das mudanças.

O curso também vai ao encontro do programa Viva Brasília — Nosso Pacto pela Vida, que busca o aumento da confiança da população nos órgãos de segurança pública e a melhoria dos serviços prestados pela área.

Rafael Alves (Agência Brasília) – Foto Tony Winston

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Folha da Comunidade DF - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo