CONSUMIDOR x CONJUNTO NACIONAL

Clientes reclamam do alto valor pago no estacionamento do shopping


Os consumidores do Conjunto Nacional que utilizam o estacionamento pago estão em pé de guerra contra o centro de compras. Vários clientes do shopping  usaram as redes sociais para denunciar  o valor abusivo cobrado pela estadia dos veículos.
Ana Castro, servidora pública, que esteve no Conjunto Nacional no dia 18 de dezembro é um dos consumidores que manifestou sua revolta diretamente ao Blog folhadacomunidadedf:
“Estive no shopping no dia 18 de dezembro de 2015, de 11:50:51 até às 15:57:03, como está descrito no meu ticket de estacionamento.  Comecei passando raiva desde a entrada.  Fiquei cerca de 30 minutos rodando, procurando uma vaga,  já no interior da garagem, com o tempo já sendo cobrado e só consegui achar lugar para estacionar longe do acesso às lojas. Repare que nenhum funcionário do shopping estava a disposição na entrada da garagem para avisar que não tinha vaga disponível e também que este tempo gasto procurando não foi descontado no pagamento.
Não consegui achar tudo o que eu procurava e o que comprei (R$ 247,50), descobri depois que poderia ter comprado gastando 25% menos em outro shopping. Escolhi mal o restaurante, pois a comida estava ruim e o atendimento péssimo.
Mas o pior foi ter que pagar R$ 31,85 por ter usado o estacionamento por menos de 4 horas (meia hora procurando vaga e 10 minutos atravessando o pátio para acessar o carro na hora de sair).
Se a intenção da administração do Conjunto Nacional era me excluir da clientela, conseguiram”!

Uma consumidora, a pedido do blog, pagou pelo mesmo tempo de estacionamento em outro grande e famoso shopping de Brasília R$ 12,60, cerca de 1/3 do valor cobrado no Conjunto nacional.

2 comentários:

  1. Hoje cheguei no conjunto nacional por volta de 14h e saí próximo às 21h, gastei mais de 600 reais no shopping e ainda tive que pagar absurdos 55reais pelo estacionamento.... são 13 centavos o minuto, tudo bem cobrarem pelo estacionamento mas isso já é literalmente abusivo, sem contar que eu já havia gasto uma bela grana no shopping, tendo em seus produtos imbutido o preço do estacionamento construído junto ao shopping, sendo assim gasto nenhum foi realizado pela empresa para criar o espaço e justificar tal valor exorbitante. Conseguiram sem muita dificuldade riscar o shopping do mapa de brasília, pelo menos para mim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O pior, como informou a nossa redação a consumidora que denunciou, é que ela não conseguiu encontrar uma pessoa para ouvir a reclamação.
      Estamos a disposição.

      Excluir

© Folha da Comunidade DF - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo