Organização criminosa espalhava o terror no Setor Habitacional Sol Nascente

Seis pessoas foram presas suspeitas de crimes como tráfico de drogas, homicídio e parcelamento irregular de terra.

As seis pessoas presas pela Polícia Civil do Distrito Federal na manhã desta segunda-feira (25/5) são suspeitas de integrar um grupo responsável por espalhar o medo no Setor Habitacional Sol Nascente. Eles estão envolvidos em uma série de delitos, como homicídio, tráfico de drogas e parcelamento irregular de terras. Uma mulher, de 31 anos, integra o grupo, que se intitulava “Comando do Sol Nascente”. A organização criminosa se inspirava no modo de agir do Primeiro Comando da Capitão (PCC), a maior organização criminosa do Brasil.

A operação batizada como “O Comando é Nosso” cumpriu 16 mandados de busca e apreensão e quatro mandados de prisão temporária. Durante dois meses, os investigadores da 19ª Delegacia de Polícia (P. Norte)  constataram que o grupo trabalhava com grilagem de terras na região. Além de invadir os terrenos e vendê-los entre R$ 30 mil a R$100 mil, eles ameaçavam os compradores e tomavam as propriedades de volta, independentemente do pagamento.
 
Eles também roubavam comércio e, para encobrir as ações, quebraram várias câmeras de vigilância da Secretaria de Segurança Pública do DF (SSP-DF). A organização também está envolvida em assassinatos. Entre os mais recentes estão o de uma mãe e uma filha de 3 anos.
 
Quatro dos envolvidos na organização criminosa
 
 Fonte: Correio Braziliense

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Folha da Comunidade DF - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo